LOGIN AREA
Already a member? Login
Not a member? Cadastre-se

5 erros ao apostar em tênis

1 de julho de 2016 0
Home > Artigos > 5 erros ao apostar em tênis

Todo apostador esportivo profissional sabe que para alcançar o sucesso é necessário dedicação, estudo e psicológico para gerir sua banca. No entanto, há ramificações dentro desses pilares, principalmente quando delimitamos cada esporte.

Neste artigo vamos falar sobre os erros comuns nas apostas em tênis, assim, buscando aprimorar o desempenho dos apostadores neste esporte, famoso pela cativante bolinha amarela. Desse modo, procuramos destrinchar falhas primárias que podem diminuir sua banca consideravelmente, seja em apostas pré-jogo ou live.

Claro que fica impossível listar todos os erros e suas soluções aqui, mas conseguir

colocar a base para todos eles é de grande relevância. Vamos a eles:

1- Não estudar sobre o jogo escolhido para apostar

Embora seja um tópico desnecessário para alguns, é necessário ser levantado, já que muitos não estudam a partida escolhida para colocar seu importante dinheiro, e é importante ressaltar que este é o principal erro dos apostadores.

Estatísticas como ranking, títulos e sequencia de vitórias, são importantes, bem como a relevância dos jogadores, mas é necessário saber muito mais que isso antes de apostar em um evento de tênis.

O principal conselho aqui é investigar ao máximo sobre a partida que você está interessado. Para isso, sempre fique conectado no site da ATP e WTA, principais sites de tênis, além de sempre assistir vários jogos de tênis, pois as ideias sobre determinados jogadores ficam mais acentuadas na hora da análise.

2- Apostar em todos os jogos

Aprenda a parar. Esta frase tem que estar no vocabulário de todo apostador, principalmente no tênis, onde temos diversos eventos em um único dia. E o pior disso é que há duas vertentes dentro deste tópico: há o lado positivo que vira negativo, quando o apostador está com ótimo lucro no dia, mas acaba perdendo boa margem dele por querer continuar a boa fase, e há o lado negativo que fica pior ainda, quando o apostador está num dia ruim e quer recuperar, algo que muitas vezes pode levá-lo para o fundo do poço.

Como vimos acima, em ambos os casos o apostador dificilmente consegue se sair bem.

E temos uma justificativa para isso: se o apostador foca em 20 jogos em um único dia, seu estudo fica dividido neles, diminuindo exponencialmente sua precisão e confiança, que estão em um, dois ou três eventos.

A dica final para este tópico é não se iludir com torneios gigantes e vastos mercados.

Não é porque teremos o Torneio de Wimbledon que você precisa colocar todo o seu dinheiro.

3- Apostar demais em múltiplas 

Este tópico se enquadra em todos os esportes nas apostas esportivas, porém é necessário colocá-lo aqui, já que a grande maioria das múltiplas é feita em tênis, pelo grande leque de jogos disponíveis por dia.

Primeiramente, é necessário lembrar que uma das principais regras para apostar com consciência é sempre investir em uma partida só, ou seja, realizar apostas simples.

No entanto, é comum ver diversos prints em grupos do Facebook ou em fóruns indicando apostas múltiplas com sete seleções de 1.10, porém vale lembrar que ainda assim a odd não chega em 2 para 1. Desse modo, qual é o verdadeiro nexo disso?

Nenhum! Mais vale apostar em uma odd 2 que dependemos de apenas um tenista com potencial do que depender de sete tenistas favoritos, ao passo que um deles pode estar em um dia ruim, machucado ou algo do tipo.

Gosta de múltiplas? Não tem problema, coloque uma pequena quantia para se divertir em determinado momento de descontração, mas nunca leve isso como forma de lucrar constantemente.

4- Apostar em vencedores recentes

Apostar em jogadores de nível médio em boa fase somente por este fator é visto como imprudente pelos profissionais do mercado, já que o tênis é um esporte que exige bastante físico do jogador, assim, quando algum de nível médio consegue chegar às finais de uma determinada competição, é provável que na próxima não esteja com a mesma aptidão, visto que não está acostumado com tantos jogos em seu calendário.

Vale ressaltar que está regra não pode ser adaptada aos craques do tênis, como Rafael Nadal, Novak Djokovic e Roger Federer, visto que esses conseguem desempenhos excelentes de forma contínua.

5- Aceitar grandes diferenças nos handicaps

Sempre favoritos em seus respectivos jogos, os craques do tênis sempre têm odds baixíssimas, assim, as casas de aposta oferecem handicaps asiáticos negativos

exagerados para a vitória deles, visto que há grande diferença técnica em relação ao fraco oponente em questão.

Nada obstante, o handicap asiático, na maioria esmagadora das vezes, nunca é almejado pelos tenistas, ou seja, uma vitória por 2 a 0 com dois tie breaks tem o mesmo valor que uma vitória por 2 a 0 por 6 a 2 em cada set. Assim, dificilmente há justificativa plausível para entrar em uma aposta -6 games ao favorito, principalmente nas rodadas de estreia, quando até os grandes jogadores têm algum tipo de dificuldade.

Desse modo, aconselhamos que o apostador nunca faça “milagres” para apostar no favorito. Se o handicap negativo está muito alto, é melhor deixar a aposta de lado ou até investir no handicap positivo para o lado mais fraco.

Conclusão:

Embora o mercado de apostas esportivas seja visto por muitos como pura sorte, sabemos que não é assim. Hoje temos um grande leque de profissões dentro das apostas esportivas, assim, é preciso sempre estar estudado para investir nos diversos tipos de esportes e campeonatos.

Por fim, além de aconselharmos que o apostador estude o máximo possível sobre os jogos, é válido ressaltar a necessidade de ler bastante sobre os materiais que envolvem a base das apostas, como gestão de banca e outros diversos assuntos.

"As análises são reservadas apena para membros do site. O cadastro é rapido e 100% grátis.
Conecte-se ou cadastre-se para ver as análises completas."

Registrarse! Login

EM PARCEIRIA COM FUTEBOL.COM AO VIVO